12 Padrões Gráficos Importantes

Selecionamos os principais padrões gráficos da Análise Técnica para que você possa focar seu aprendizado nos temas mais importantes:

Importante: Os padrões gráficos abaixo podem ser usados em todos os mercados, ou seja: ações, forex, criptomoedas, mini-índice, day-trade e swing-trade.

Fundo Duplo

O fundo duplo é uma padrão gráfico da análise técnica que sinaliza o fim de uma tendência de baixa. Tem o formato de um "W " e apresenta a seguinte estrutura:

Padrões Gráficos da análise técnica

A figura acima mostra inicialmente os preços em uma tendência de baixa (topos e fundos descendentes) seguido da formação "W" - marcando a formação do fundo duplo.

trader 50 dicas

Lógica por trás do fundo duplo:

A ideia básica é a ausência de investidores interessados em continuar vendendo a ação, formando um processo gradual de reversão da queda vigente. Veja a imagem abaixo para ficar mais claro:

fundo-duplo-padroes-graficos-mod2

(1) Ao atingir determinado patamar de preço não há investidores interessados em continuar vendendo a ação, por isso começam surgir os primeiro sinais de fragilidade da tendência de baixa.

(2) Após subir um pouco, surge investidores interessados em vender acreditando que a ação ainda pode continuar a cair – com isso empurrando os preços para a região 3

(3) O segundo fundo tende a ocorrer na mesma região de preço marcado pelo primeiro – podendo inclusive serem alinhados por meio de uma linha horizontal.

Esse alinhamento tende a ocorrer por uma questão de psicologia de massa: investidores se lembram que foi a partir desse ponto que os preços começaram a subir da última vez, por isso hesitam em fazer novas vendas nesse patamar.

(4) A confirmação desse padrão de reversão acontece apenas quando ocorrer o rompimento do topo marcado em 2 , definindo o momento correto de abrir posições de compra:

fundo-duplo-padroes-graficos-mod3

Exemplo de fundo duplo:

Abaixo temos um exemplo de fundo duplo na ação da Vale (VALE5) :

fundo-duplo-padroes-graficos-vale5

 

Projeção do fundo duplo:

Após confirmado o fundo duplo, deve-se esperar que os preços continuem subindo pelo menos a mesma distância entre o primeiro topo e a mínima do fundo dessa figura:

fundo-duplo-padroes-graficos-ggb4

 

Fundo Triplo

 

O fundo triplo é um padrão de reversão da tendência de baixa extremamente forte. É facilmente identificado e geralmente está associado às grandes consolidações.

Na figura abaixo está representado a estrutura geral de um fundo triplo:

padroes-graficos-ftm1

É importante destacar que a confirmação desse padrão gráfico só acontece no ponto R, ou seja, quando ocorrer o rompimento da resistência formada pelos topos.

A partir desse ponto fazemos a projeção com base na distância entre o fundo e a resistência que une os topos. Veja o exemplo abaixo na ação da Cyrela (CYRE3):

padroes-graficos-ftecyr3

OCO Invertido

 

O ombro-cabeça-ombro invertido é um dos padrões gráficos da Análise Técnica mais fortes para sinalizar o fim da tendência de baixa. É formado por três fundos, sendo o fundo intermediário o de maior deles:

ombro-cabeca-ombro-invertido-mod1

Como se pode ver na figura acima, é importante que haja uma tendência de baixa consolidada previamente para que possamos ter um ombro-cabeça-ombro invertido.

Mas atenção: a confirmação desse padrão gráfico só acontece quando ocorrer o rompimento da linha do pescoço - que é formada pela união dos dois topos da figura:

ombro-cabeca-ombro-invertido-mod2

 

Projeção do ombro cabeça ombro invertido:

A projeção do ombro-cabeça-ombro invertido é traçado da seguinte maneira:

Passo 1 - Meça a distância vertical entre maior fundo e a linha do pescoço.

Passo 2 – Projete essa mesma distância para cima a partir do ponto de ruptura da linha do pescoço.

ombro-cabeca-ombro-invertido-mod3

 

Exemplo de ombro cabeça ombro invertido

Observe o exemplo abaixo do OCOI na ação do Banco Bradesco (BBDC4) :

ombro-cabeca-ombro-invertido-bbd

 

Topo Duplo

 

O topo duplo é um dos melhores padrões gráficos da Análise Técnica para sinalizar o fim de uma tendência de alta. Tem o formato de um "M " e apresenta a seguinte estrutura:

topo-duplo-padroes-graficos-mod

A figura acima mostra inicialmente os preços em uma tendência de alta (topo e fundos ascendentes) seguido da formação do "M", marcando a formação do topo duplo.

 

Lógica por trás do topo duplo:

A ideia básica é a ausência de investidores interessados em continuar comprando a ação, formando um processo gradual de reversão da alta vigente. Veja a imagem abaixo para ficar mais claro:

topo-duplo-padroes-graficos-mod23

(1) Ao atingir determinado patamar de preço não há investidores interessados em continuar comprando a ação, por isso começa a surgir os primeiro sinais de fragilidade da tendência de alta.

(2) Após cair um pouco, surge investidores interessados em comprar acreditando que a ação ainda pode continuar a subir – empurrando os preços para a região 3

(3) O segundo topo tende a ocorrer na mesma região de preço marcado pelo primeiro – podendo inclusive serem alinhados por meio de uma linha horizontal.

Esse alinhamento tende a ocorrer por uma questão de psicologia de massa: investidores se lembram que foi a partir desse ponto que os preços começaram a cair da última vez, por isso hesitam em fazer novas compras nesse patamar.

(4) A confirmação desse padrão de reversão acontece apenas quando ocorre o rompimento do fundo em (2) - marcando o momento correto de abrir posições de venda:

topo-duplo-padroes-graficos-mod3

 

Exemplo real de topo duplo:

Abaixo temos um exemplo de topo duplo nas Lojas Americanas (LAME4) :

topo-duplo-padroes-graficos-lame412

Projeção do topo duplo:

Após confirmado o topo duplo, deve-se esperar que os preços continuem caindo a mesma distância que existe entre o topo e a mínima do fundo dessa figura:

topo-duplo-padroes-graficos-projc-pe

 

Topo Triplo

 

O topo triplo é um padrão de reversão da tendência de alta extremamente forte. É facilmente identificado e geralmente está associado às grandes consolidações.

Faz parte do grupo de padrões gráficos raros da Análise Técnica. Representa um longo período de consolidação.

Na figura abaixo está representado a estrutura geral de um topo triplo:

Padroes-graficos-mod1

É importante destacar que a confirmação desse padrão gráfico só vai acontecer no ponto R, ou seja, quando ocorrer o rompimento do suporte formada pelos fundo.

A partir desse ponto fazemos a projeção com base na distância entre o topo e o suporte que une os fundos. Veja o exemplo abaixo na ação da Suzano (SUZB5):

Padroes-graficos-suz5

 

Ombro cabeça Ombro

 

O ombro-cabeça-ombro é um dos padrões gráficos da Análise Técnica mais fortes na indicação de fim da tendência de alta.

É formado por três topos, sendo o topo intermediário o maior deles:

Como se pode ver na figura acima, é importante que haja uma tendência de alta consolidada previamente para que possamos ter um ombro-cabeça-ombro.

Mas atenção: a confirmação desse padrão gráfico só acontece quando ocorrer o rompimento da linha do pescoço - que é formada pela união dos dois fundos da figura:

ombro-cabeca-ombro-mod2

 

Projeção do ombro cabeça ombro:

A projeção do ombro-cabeça-ombro é traçado da seguinte maneira:

Passo 1 - Meça a distância vertical entre o topo mais alto e a linha do pescoço.

Passo 2 – Projete essa mesma distância para baixo a partir do ponto de ruptura da linha do pescoço.

ombro-cabeca-ombro-mod3

 

Exemplo de ombro-cabeça-ombro (OCO)

Observe o exemplo abaixo do OCO na ação do Banco do Brasil (BBAS3) :

ombro-cabeca-ombro-bbas3e

 

Canal de Preço altista

 

O canal de alta faz parte do grupo dos padrões gráficos de continuação na Análise Técnica. Pode ser formado traçando uma linha paralela à linha de tendência de alta:

canal-de-precos-analise-tecnica

Lembre-se que para desenhar uma linha de tendência de alta corretamente é preciso unir pelo menos dois fundos ascendentes.

Outro ponto importante é que a linha de canal de alta - desde que esteja paralela à linha de tendência de alta - só precisa tocar em um único topo.

A grande utilidade desse canal de preço é identificar pontos de reversões, já que as linhas criadas funcionam como pontos de suporte e resistência. Veja um exemplo na ação da Cyrela (CYRE3):

canal-de-precos-analise-tecnica3

Canal de Preço baixista

 

O canal de baixa é um padrão gráfico de continuação na Análise Técnica e pode ser formado traçando uma linha paralela à linha de tendência de baixa:

canal-de-precos-analise-tecnicab2

Lembre-se que para desenhar uma linha de tendência de baixa corretamente é preciso unir pelo menos dois topos descendentes.

Outro ponto importante é que a linha de canal de baixa - desde que esteja paralela à linha de tendência de baixa -só precisa tocar em um único fundo.

A grande utilidade desse canal de preço é identificar pontos de reversão, já que essas duas linhas criadas funcionam como pontos de suporte e resistência. Veja um exemplo real na ação da Petrobrás (PETR4):

-

canal-de-precos-analise-tecnicab5

 

Retângulo

 

O retângulo é o padrão gráfico mais fácil de ser identificado na Análise Técnica, sendo formado por pelo menos dois fundos e dois topos.

Como se pode ver na figura abaixo, os topos e fundos podem ser ligados por uma linha horizontal que define o suporte e a resistência desse padrão gráfico.

retangulo-padrao-grafico-m1

É importante destacar que o retângulo é um padrão de continuidade. Ou seja, a probabilidade maior é que ocorra o rompimento do suporte ou resistência na mesma direção da tendência principal:

retangulo-padrao-grafico-m2

 

Projeção do retângulo

A projeção é o objetivo de preço final após romper os limites de suporte ou resistência desse padrão:

retangulo-padrao-grafico-m3

Como se pode ver na figura acima, o objetivo de preço é criado projetando a altura do retângulo (distância entre as duas linhas horizontais) no ponto de rompimento.

-

Exemplo real de retângulo altista

Na ação da Vale do Rio Doce (VALE5) temos um exemplo de retângulo com projeção de alta:

retangulo-padrao-grafico-vale5

 

Exemplo real de retângulo baixista

Na ação da Usiminas (USIM5) temos um exemplo de retângulo com projeção de baixa:

retangulo-padrao-grafico-USM

 

Triângulo Ascendente

 

O Triângulo ascendente é um dos padrões gráficos mais fáceis de ser operado.

Trata-se de um cenário de consolidação dos preços com predominância dos compradores ( observado pelos fundos ascendentes) :

Triangulo-ascendente-padrao-grafico-mod1

Na figura acima podemos perceber que os topos formados nesse padrão gráfico estão todos no mesmo patamar de preço. Isso nos possibilita traçar uma linha horizontal e definir uma resistência bastante clara.

-

Projeção do triângulo ascendente

A projeção é o objetivo de preço final desse padrão gráfico após o rompimento da resistência:

Triangulo-ascendente-padrao-grafico-mod2

Como se pode ver na figura acima, o objetivo de preço é criado projetando a altura da base do triângulo no ponto de rompimento da resistência formada pelos topos.

Exemplo real de triângulo ascendente:

Na figura abaixo temos um exemplo de triângulo ascendente na ação da Gol (GOLL4) :

-

Triangulo-ascendente-padrao-grafico

 

Triângulo Descendente

.

O Triângulo descendente é um padrão gráfico de continuidade que se forma normalmente em tendências de baixa.

É um cenário de consolidação dos preços com predominância de força do grupo vendedor ( observado pelos topos descendentes) :

Triangulo-descendente-padrao-grafico-mod1Na figura acima podemos perceber que os fundos formados nesse padrão gráfico estão todos no mesmo patamar de preço. Por isso podemos traçar uma linha horizontal e definir um suporte bastante claro.

Projeção do triângulo descendente

A projeção é o objetivo de preço final desse padrão gráfico após o rompimento do suporte:

Triangulo-descendente-padrao-grafico-mod2

Como se pode ver na figura acima, o objetivo de preço é criado projetando a altura da base do triângulo no ponto de rompimento do suporte formada pelos fundos.

  

Triângulo Simétrico

 

O triângulo simétrico é um padrão gráfico de continuidade na Análise Técnica:

  • Caso tenhamos previamente uma tendência de alta e surja um triângulo simétrico, a expectativa maior é que os preços continuem subindo.
  • Caso tenhamos uma tendência de baixa e surja um triângulo simétrico, a expectativa maior é que os preços continuem caindo.

Triangulo-simetrico-mod1

É importante destacar que, por mais que haja essa expectativa inicial de continuidade, estamos falando apenas de probabilidade e não certeza.

Isso porque o triângulo simétrico representa um período de indecisão do mercado – momento em que há um equilibrio da força entre compradores e vendedores.

 

Estrutura do Triangulo Simétrico

O triângulo simétrico é formado por pelo menos dois topos ascendentes e dois fundos descendentes:

Triangulo-simetrico-mod2Como se pode ver na figura acima, quando se traça uma linha ligando os topos e os fundos percebe-se a convergência das linhas e a formação de um triângulo simétrico.

 

Projeção do Triângulo Simétrico

O objetivo de preço do triângulo simétrico é definido pela diferença entre o topo mais alto e o fundo mais baixo projetado a partir do ponto de rompimento:

Triangulo-simetrico-mod3

Exemplo do Triângulo Simétrico Projetado para cima.

Veja um exemplo real na ação da Companhia Energética de São Paulo (CESP6) :

Triangulo-simetrico-mod4

Exemplo do Triângulo Simétrico Projetado para baixo:

Veja um exemplo na ação da Petrobrás (PETR4):

Triangulo-simetrico-mod5

 

Esses são os principais padrões gráficos da análise técnica que todo trader precisa saber.